R. Philipp Bauller, 420 - Testo Salto, Blumenau - SC, CEP 89074-300
  • Central de Atendimento
  • (47) 3327-7192
  • (47) 3306-3945

O que não pode faltar em um sistema de alarme de incêndio?

 

Incêndios são situações extremamente perigosas, por isso, ter um bom sistema de alarme de incêndio é essencial. Quando falamos de segurança, sempre queremos o melhor, portanto, falaremos um pouco mais sobre o assunto.

Afinal, o que não pode faltar em um sistema de alarme de incêndio, para garantir a segurança com tranquilidade? Confira as dicas que nós, aqui da Manuthek, preparamos.

Saídas de emergências bem localizadas

Um dos principais fatores de segurança para quem pretende instalar um sistema de alarme de incêndio são saídas de emergências. Em situações de tensão, é importante ter um caminho de saída simples e seguro.

Por isso, aconselhamos atenção extra à sinalização de cada saída de incêndio, de modo que mesmo com fumaça ou no escuro elas sejam visíveis, normalmente isso significa adesivos luminosos ou luminárias de emergência.

Existem variados modelos de sinalização indicados para este tipo de situação e cada um deles tem suas especificações. Ao instalar seu sistema você deve levar em consideração detalhes como duração da bateria, visibilidade e até mesmo textura.

Veja: Como escolher o modelo das luminárias

Alarme sonoro e visual

Muitas pessoas esquecem que um bom sistema de alarme de incêndio deve ser criado pensando em todos os possíveis ocupantes do local e por isso os melhores alarmes incluem luzes e som.

Com um alarme visual e sonoro que seja impossível de ignorar pode garantir que mesmo pessoas com limitações auditivas ou visuais possam entender o perigo.

Situações de emergência podem acontecer a qualquer momento e se o sistema não for bem preparado, ele pode tornar tudo ainda mais caótico, impossibilitando a locomoção ordenada de todos.

Instruções claras

Um bom sistema de alarme de incêndio vai muito além de apenas o alarme em si. Na hora do perigo, luzes e sons serão ferramentas importantes para a segurança, mas apenas se existirem as informações necessárias.

Um bom sistema não deve ser apenas aplicado à infraestrutura, mas também aos ocupantes do local, seja em uma residência ou local de trabalho, é necessário levar em consideração o volume esperado de pessoas e aplicar um treinamento.

Desta forma, é importante que o sistema de alarme de incêndio escolhido inclua instruções claras que sejam transmitidas a todos os ocupantes do local, de como proceder em caso de incêndio ou outras emergências.

Versatilidade de aplicações

Alarmes de incêndio possuem sua função primária em avisar sobre os perigos do fogo em casos de emergências, mas um bom sistema de alarme de incêndio não deve se limitar a esse único perigo.

Quando bem desenvolvido, um sistema de alarme de incêndios pode ser útil em casos de emergências variadas, como inundações ou até mesmo terremotos, oferecendo maior proteção.

Escolha montar sistemas abrangentes que possam proteger sua família ou seu local de trabalho contra o máximo possível de perigos.

Equipamentos regularizados

Esse é um assunto delicado, montar um sistema de alarme de incêndio pode salvar vidas e isso deve ser sempre feito com cuidado, de modo a gerar sempre os melhores resultados.

Porém, algumas pessoas acreditam neste sistema como uma formalidade que nunca será realmente utilizada. Então, decidem por economia ou outros motivos para utilizar equipamentos fora das normas de segurança.

Esse tipo de comportamento é extremamente perigoso e deve ser evitado. Sempre utilize equipamentos regularizados, lembre-se que esse equipamento servirá para proteger vidas.

Além disso, sistemas de alarme devem ser criados especificamente para determinado local, levando em consideração às necessidades de cada lugar.

Levando estes pontos em consideração, você terá os requisitos mínimos para ter um sistema eficiente contra incêndios. Tem mais alguma dúvida? Deixa pra nós nos comentários!