R. Philipp Bauller, 420 - Testo Salto, Blumenau - SC, CEP 89074-300
  • Central de Atendimento
  • (47) 3327-7192
  • (47) 3306-3945
6 de maio de 2020

Regras básicas prevenção de incêndios na sua empresa

Prevenção de incêndios

Ninguém espera que incêndios possam acontecer em sua empresa. Afinal, nós pensamos que acidentes não acontecerão conosco. Porém, infelizmente, acidentes podem ocorrer quando menos esperamos. Neste artigo, explicaremos quais são as regras básicas para prevenir ao máximo que um incêndio ocorra e o quão importante é ter a consciência de estar preparado para a maior parte dos acidentes que podem acontecer na sua empresa.

A importância da prevenção de incêndios

Quando um incêndio ocorre fora do horário de trabalho normal de uma empresa, o pior que pode acontecer é ter uma grande perda material. Mas caso o mesmo ocorra dentro do horário de funcionamento da empresa, vidas estarão em risco.

É infeliz que aconteçam acidentes e talvez eles sejam até mesmo raros dentro de uma empresa, mas isso não torna menor o prejuízo que eles trazem quando ocorrem. Por isso a prevenção é essencial, diminuindo danos que podem ser causados por incêndios, garantindo a segurança dos colaboradores, clientes, fornecedores, além dos materiais que se encontram no ambiente.

Veja um artigo específico sobre a importância do alarme de incêndio

Quais são as regras básicas para prevenir incêndios?

Um incêndio pode ter sido causado de formas: vazamento de gás, queima de papéis ou até mesmo por sobrecarga elétrica. Contudo, existem dicas gerais e básicas que servem para qualquer tipo de incêndio, tanto para prevenção e tanto para a ação quando o acidente acontece.

Número de Bombeiros

A primeira regra básica para diminuir os danos de um incêndio é manter o número dos Bombeiros sempre à disposição de quem está na empresa. O número de telefone dos Bombeiros, o 193, pode ser fácil de ser memorizado, mas ainda assim existem pessoas que não sabem o número, pois nunca utilizaram o mesmo. No desespero, durante um incêndio, também é comum as pessoas não lembrarem do número.

Extintores

Outra regra é manter tanto os extintores quanto as caixas de incêndio em excelentes condições de uso. Usar elas em outros casos além de incêndio é diminuir sua vida útil e até mesmo deteriorar as suas condições. Os extintores podem ficar fixados em locais que sejam de fácil acesso e precisam ser revisados em conjunto com as caixas de incêndio.

Todo e qualquer tipo de instalação elétrica presente no prédio precisa ser revisada. Uma fiação que está velha e enferrujada esquenta e é uma das causas mais comuns de incêndios. Além disso, os possíveis vazamentos de gases também podem ser detectados durante uma vistoria geral na empresa.

Falta de ventilação

A falta de ventilação em empresas metalúrgicas, por exemplo, não só causa incêndios, como também traz riscos para a vida de quem trabalha dentro da empresa. Essas regras são umas das mais básicas sobre o incêndio dentro de empresas, independente das causas do incêndio.

Podemos acrescentar também que para prevenir os danos durante um incêndio é necessário deixar passagens livres para a saída de funcionários quando um incêndio ocorre. Além disso, o fogo se alastra com maior dificuldade, pois não há obstruções que auxiliam esse alastramento.

Além disso, possuir sistemas de detecção e alarme de incêndio é primordial para qualquer estabelecimento com fluxo de pessoas. Estes sistemas detectam desde fumaça até gases tóxicos, garantindo a segurança e o bem-estar de todos que estão dentro da empresa.

A conscientização do funcionário também é de extrema importância para a prevenção de incêndios dentro da empresa. Conscientizar os funcionários para que verifiquem se desligaram todos os aparelhos elétricos, ares condicionados e exaustores é essencial para evitar incêndios que acontecem fora de horários de trabalho.

Podemos, por fim, destacar mais duas regras básicas. A primeira é ensinar aos funcionários, por meio de panfletos ou orientações diretas, que elevadores não podem ser utilizados durante um incêndio. O risco de ficar preso é fatal. A segunda é que no caso de um incêndio, eles precisam dar o máximo de detalhes para o Corpo de Bombeiros. Isso facilita e apressa a ação deles na hora de combater o incêndio.

Todas essas dicas são regras básicas para evitar incêndios ou, pelo menos, evitar um grande estrago por acidentes desse cunho. Se essas regras básicas foram seguidas, as empresas diminuiriam a maior parte dos prejuízos que teriam durante um incêndio. Contudo, ainda há outras maneiras de prevenir incêndios de uma forma mais específica, mas isso será abordado em outro artigo.

Gostou do artigo? Quer ver mais? Então dá uma olhada em nosso blog!

6 de maio de 2020